Pintou sujeira! Até o Abaporu está limpando a escola!

Um broto lá do Tarsila do Amaral me mandou um sinal de fumaça, dizendo que a situação do apoio tá um verdadeiro caos! Fui dar uma investigada nas outras escolas e vi que é o mesmo filme (ou novela mexicana). Tem lugar em que dois estão tendo que fazer o trabalho de oito ou dez! É de lascar, mano!

Fui tentar entender melhor o que tá rolando, e como um verdadeiro Sherlock, saquei três lances:

1 – A desvalorização e o desrespeito com os trabalhadores e as trabalhadoras de São Bernardo é tão grande que a galera tá partindo pra outra! Prestam concursos em outras cidades ou desistem da carreira pública e vão pra privada (já que na prefeitura a coisa tá bem perto disso, mesmo).

2 – Quem não consegue raspar o gato daqui, fica doente! Sim! A rapaziada está adoecendo como nunca na história dessa cidade! É assédio, desvalorização e excesso de trabalho!

3 – Agora é que vem o pulo do gato! Numa ação mais manjada que maizena em recheio de pastel da Marechal, a “gestão do trabalho” tá sucateando de vez o serviço de apoio pra entregar de vez para os amiguinhos da privada! É isso! Eles sabem que as trabalhadoras e os trabalhadores concursados são aguerridos e cheios de vontade de defender o serviço público, então fazem essa papagaiada pra justificar a privatização total do trampo! Concurso público? Ah! Era só promessa de campanha!

O negócio tá tão frenético que, no Tarsila do Amaral, até o Abaporu saiu do quadro e foi ajudar a galera a dar um talento na escola. Se liga aí, seu “gestor”!

Um abraço pros manos e um beijo pras minas!

PS.: Cuidado quando passar perto de uma escola! O cheiro pode causar náuseas! Se for creche, então, lascou: tem fralda a dar com o pau esperando alguém pra recolher! E pra quem tem seus pixoxós na escola, dá um toque pra não ficar colocando a mão na boca, porque é um festival de bactéria, verme e ziquezira!

Pesquise