Peraí, aqui é São Bernardo ou é Sucupira, prefeito Odorico?

odoricoparaguacu

Um prefeito inaugurou cemitério sem defunto. O outro, inaugurou almoxarifado da GCM sem material. É uma novela!

Mano do céu, essa cidade, ao invés de andar “prafentemente” anda “pratrásmente”. A confusão é tão grande, que eu ressuscitei o nada saudoso prefeito de Sucupira, o senhor Odorico Paraguaçú.

Vejam só as coincidências: assim como Odorico, o prefeito da Sucupira Bernardense adora um discurso. Hoje, ao invés do palanque na praça, as lives no Facebook, mas com discursos muito parecidos.

Pra rapaziada mais da antiga, tipo eu, ainda é forte na memória a necessidade de Odorico de inaugurar o cemitério. Mas, ninguém morria... Então, tentou dar um jeito e inaugurar sem defunto mesmo.

Pois não é que o prefeito daqui fez algo parecido? Inaugurou um almoxarifado da GCM sem nada pra colocar nas prateleiras! Coisa de novela, tio!

Enquanto os Guardas trabalham com sapatos abertos, blusas usadas, calças rasgadas, o projac, ops, o prefeito vai lá e faz cara de Juscelino Kubitschek pra inaugurar prateleiras vazias! Tenha a santa paciência!

Só faltou falar a frase célebre de Odorico:

“Esta obra entrará para os anais e menstruais de São Bernardo (Sucupira) e do país”

Tô indo nessa, antes que ele queira anunciar que prafentemente eu já poderei morrer descansado, tranquilo e desconstrangido, na certeza de que serei sepultado aqui mesmo, nesta terra morna e cheirosa de Sucupira, ops, Bernô City.

Abraços,
Bernardo Campanha

PS: Moça, isso não é linguajar chulo, isso é dialeto, sacou?
E pra quem não conhece o Odorico, se liga nesse vídeo:

É a cara do nosso ator, quer dizer, prefeito, ou não é?

Pesquise