Eita convênio complicado!

Zumbi SaúdeContinuo recebendo um monte de reclamações sobre o convênio médico. Vejam algumas:

Auxiliar Nervosa: "Como fazer uma reclamação sobre essa meleca de convênio? Sou Auxiliar de Limpeza, estou com uma p... raiva!!! Onde já se viu você ir ao "ortopedista" e o mesmo nem olhar na sua cara, você simplesmente fala e ele nem te dá atenção... Isso é uma falta de respeito para com as pessoas que pagam, pra eles pode ser pouco, mas pra mim eu pago muito por um serviço de péssima qualidade... Somos obrigados a trabalhar com dor e fazer bem o nosso serviço, isso é negligência para com o trabalhador... Além do mais temos e somos obrigados a mesmo estando com tantas dores a fazer serviços que não são da nossa alçada, pois se não fazemos somos taxados disso e daquilo..."

Mãe Decepcionada: "Esse convênio vai acabar com a gente. Levei minha filha de 3 anos no gastro infantil, detalhe não temos essa especialidade aqui em São Bernardo. Tive que sair de casa às 6h30 da manhã pra ir até Higienópolis!!!! Foram muitos ônibus, metrô e dinheiro! Depois disso tudo, consegui chegar! O atendimento foi péssimo, de muita baixa qualidade!!! O médico não pediu um exame pra ver o refluxo dela. Saí muito decepcionada, cansada. Sei lá.... Como sou funcionária desse município e só posso ser atendida em outro? Diga-se de passagem, muito mal atendida. Não consigo entender e não quero. Preciso que minha filha seja atendida, que faça o exame, aqui não tem condições!!! Lamentável!!! Triste!!!"

Bernardo: Bem pessoal, já denunciamos esta meleca, como disse a Auxiliar Nervosa, na ANS, no Ministério Público e no Procon. Isso ajudou muito para que eles fossem proibidos de vender novos planos. Agora, para nós, isso ainda é pouco. Em nossa Campanha Salarial, estamos reivindicando o seguinte:

11.1 – Revogar o convênio firmado entre Administração e IMASF - Instituto Municipal de Assistência do Funcionalismo, para atendimento dos beneficiários do PFGB – Plano Familiar Geral Básico, retornando ao status quo de gerenciamento à Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo anterior ao ano de 2006;

11.2 - Atualizar o Valor de repasse efetuado pela administração com base no valor pago pela Câmara Municipal para o Convenio Médico;

11.3 - Fornecer Convênio Médico similar ao ofertado pela Câmara Municipal aos seus servidores;

11.4 - Garantir atendimento e internação em São Bernardo do Campo através do convênio IMASF ou outra rede de atendimento independente da categoria ou plano;

11. 5 - Garantir o direito de retorno ao convênio IMASF – Instituto Municipal de Assistência do Funcionalismo aos aposentados;

11.6 – Dar ao trabalhador a opção de aderir ou não ao convênio médico;

11.7 – Criar uma comissão, formada por Administração, IMASF - Instituto Municipal de Assistência do Funcionalismo e Sindicato, para acompanhamento e avaliação do convênio médico.

Então, se liga aí, excelência! Vamos dar um jeito neste negócio! Estamos cansados de tanta humilhação, contra nós e contra nossos familiares! 

Pesquise