Orientações sobre o Ato do dia 8 de Abril

Expectativa de realização de um grande ato aumenta a cada momento! Ônibus e carreatas sairão de várias regiões da cidade.

palhaçoEm reunião na noite desta segunda-feira (6), Diretoria e membros dos CSBs avaliaram positivamente a jornada de lutas realizada na semana passada, que levou a convocação para o GRANDE ATO DO DIA 8 DE ABRIL a quase todos os setores e unidades da Prefeitura. O sentimento dos dirigentes é de que a categoria compreendeu que o momento exige união e disposição de luta, transformando a expectativa de realização do ato ainda mais otimista.

Algumas orientações importantes foram definidas:

1 - Reforçar a convocação

Manter o esforço concentrado na divulgação do ato nas unidades que ainda não receberam a convocação e FORTALECER A BATALHA NA INTERNET, convidando a categoria a compartilhar a convocação através das redes sociais.

2 - Ocupar a Praça Santa Filomena logo no começo da tarde

Os trabalhadores que estiverem disponíveis, devem ir para a Praça a partir das 17h30, quando nosso carro de som já estará no local para dialogar e pedir apoio aos munícipes.

3 - Organizar caravanas dos bairros

Em todos os bairros e unidades da PMSBC, os trabalhadores devem organizar caravanas, praticando a "carona solidária" e estimulando aos que estão em dúvidas quanto à participação para que engrossem nosso Ato.

4 - Ônibus para trabalhadores públicos em 3 regiões

O SINDSERV vai disponibilizar ônibus para a condução dos trabalhadores e das trabalhadoras, saindo de três regiões:

  • Vila das Valsas (região do Terra Nova/Demarchi) - concentração às 17h e saída às 17h30
  • Balsa (região do Riacho Grande) - saída programada para 18h20
  • EMEB Arlindo Miguel (região do Alvarenga)  - saída programada para 18h20

5 - Convocar os familiares

É muito importante que nossa família esteja conosco nesta luta! Por isso, convoque a sua!

6 - Utilize calçados confortáveis

O ATO não vai se restringir à Praça Santa Filomena. Faremos uma caminhada que seja capaz de demonstrar aos munícipes (e inevitavelmente aos moradores das cidades vizinhas) que estamos insatisfeitos com o desrespeito da Administração à nossa data-base e indignados com a não priorização da discussão de nossas reivindicações. Por isso, utilize calçados confortáveis.

7 - Proteste! Use sua criatividade!

Vamos produzir cartazes na Praça, levar panelas, apitos... Organize os trabalhadores(as) de seu setor e use de muita criatividade para que possamos manifestar toda nossa indignação.

8 - Vem pra luta!!!

Esta é a hora de nos levantarmos e dizermos basta ao desrespeito! Não espere que os outros façam por você! Assuma sua responsabilidade na construção de um movimento forte e lembre-se: NÓS ESTAMOS SÓ COMEÇANDO!!! Este é o primeiro ato, e se nossas reivindicações não forem atendidas, outros virão, cada vez com mais intensidade!

 

Pesquise