Campanha Salarial 2015: Trabalhadores mandam recado ao prefeito!

No último dia 8 de abril, o SINDSERV organizou um grande ato para demonstrar ao prefeito a indignação dos trabalhadores de São Bernardo do Campo com a falta de respeito da Administração em não negociar, dentro da nossa data-base, a pauta de reivindicações da Campanha Salarial de 2015.

Trabalhadores deram seus depoimentos e mandaram um recado para o prefeito: Negociação já!

Confira abaixo o que os trabalhadores falaram e assista aos vídeos!

A professora aposentada, Alice, reforçou a necessidade da conquista dos direitos dos aposentados. "Não fomos reenquadrados ainda, precisamos que os nossos salários venham nos dar um poder aquisitivo como antes, a inflação está altíssima e não é possível que a gente possa viver dessa forma. É isso o que nós queremos aqui, nada mais, não queremos afrontar ninguém, mas queremos os nossos direitos garantidos." Clique aqui e assista ao vídeo.

A professora Íris destacou a união da categoria e a importância da negociação já. "Não estamos satisfeitos com essa falta de disposição da Administração. Nós precisamos de uma negociação neste momento, nossa data-base é março, não dá para esperar maio. Vamos unidos, mostrar para a Administração que sim, queremos negociar, já, agora." Clique aqui e assista ao vídeo.

O inspetor de alunos, Jackson, pediu que os trabalhadores fiquem unidos para fazer diferença. "Se os trabalhadores não se movimentarem, o prefeito vai achar que somos apenas meia dúzia, 10,15, temos que mostrar nossa força, temos que ir à luta. Espero que a cada mobilização que tiver, que venha mais gente, isso é muito importante." Clique aqui e assista ao vídeo.

O vigilante Djair mostrou sua indignação com a Administração. "Estamos aqui para fazer uma manifestação pacífica, para ver se o prefeito dá um aumento para nós". Clique aqui e assista ao vídeo.

Toni, da Educação, frisou a importância de mostrar a força que os funcionários têm. "A Administração não respeita a nossa data-base, que é em março. É importante que todos os trabalhadores estejam reunidos e juntos nessa luta para mostrarmos tanto para a Administração, quanto para a população a importância da nossa categoria". Clique aqui e assista ao vídeo.

A trabalhadora Joelma, da Educação, afirmou que a participação de todos é fundamental. "O momento é para a gente se unir para fazer algo em prol de todos os funcionários públicos, independente de se são municipal ou estadual, muitos ficam em casa reclamando e não fazem nada. Eu não estou aqui só por mim e sim por todos os funcionários públicos". Clique aqui e assista ao vídeo. 

A trabalhadora aposentada da Educação, Odila ressaltou que os trabalhadores precisam ter consciência que o salário está perdendo poder aquisitivo. "Estou aqui hoje para reforçar esse movimento a favor dos nossos direitos, afinal de contas a gente precisa garantir a reposição salarial e é por isso que nós estamos aqui". Clique aqui e assista ao vídeo.

Magna, da Educação, também demonstrou sua indignação com o prefeito pela falta de aumento. "Estamos batalhando e não conseguimos o aumento, o convênio médico está uma porcaria, a Greenline, vamos passar e não tem médico, somos mal atendidos, o vale-refeição ainda não chegou, nós precisamos de melhorias". Clique aqui e assista ao vídeo.

Leia também:

ABCD parou por causa do desrespeito à nossa data-base! 

Deposite sua indignação no Cofre da Campanha Salarial

Pesquise