Sem negociação? A GREVE vem aí!

Administração não dá resposta às manifestações da categoria. Sem reposição da inflação, sem aumento, sem nada... Diante desse quadro, só nos cabe intensificar a luta e construir uma grande greve!

Jornada de Lutas desencadeada pelo SINDSERV mobiliza a categoria. Ato do dia 24 será decisivo para que a categoria dê uma resposta ao desrespeito da Administração! Centenas de trabalhadores, dos mais variados setores, participaram, efetivamente, das manifestações da nossa Jornada de Lutas.

A tática utilizada para chamar a atenção da população foi o fechamento de ruas durante a realização dos protestos. Paramos as Avenidas Kennedy, Tiradentes, Senador Vergueiro e Faria Lima, e as Ruas Marechal Deodoro e Jurubatuba, mostrando aos munícipes a nossa indignação com a Administração pela falta de respeito com os trabalhadores públicos.

No dia 8, realizamos o nosso 1º Grande Ato da Campanha Salarial, que reuniu quase mil servidoras e servidores nas ruas do centro da cidade, gerando um congestionamento de mais de 20 km e afetando o trânsito das cidades vizinhas.

Nos dias subsequentes, o SINDSERV fortaleceu as ações da Jornada de Lutas e realizou manifestações nos Complexos Kennedy, dia 14 (SF, CLM, DTI, CRT, Almoxarifado, Arquivo Central, Poliesportivo e entorno, Centro, dia 15 (Câmara, Sedesc, GCM Centro e Paço), Tiradentes, no dia 16 (CEU Regina Rocco I e II, GCM, José Roberto Preto, Maurício Caetano de Castro I, Olegário e entorno) e Vergueiro, dia 17 (RH e entorno). Em todas elas, o recado dos trabalhadores foi claro: Negociação, já!

"Trânsito parado, o prefeito é culpado!"

Diante de filas de carros, nos cinco dias de manifestações, os trabalhadores deixaram claro que a luta continua e só vão parar quando forem atendidos. "É um desrespeito com a nossa categoria a Administração postergar a data da negociação para o mês de maio, a nossa data-base é março, apresentamos nossa pauta no dia 13 de fevereiro, já para não ter atraso e o que o prefeito fez? Brincou com a gente! Mas nós não estamos de brincadeira! Queremos a reposição da inflação, o aumento real, convênio médico decente, vale-refeição, cartão Servidor Cidadão, queremos respeito e mais direitos, senão, teremos que seguir o caminho da greve", afirma Giovani Chagas, Presidente do SINDSERV.

O desrespeito da Administração à nossa data-base ficou registrado na porta do Paço. Descarregamos o nosso Cofre de Indignações e ocupamos as ruas com quase mil trabalhadores!

A falta de diálogo do governo municipal e a enrolação nas negociações deram o tom da manifestação em frente à Secretaria de Finanças. Exigimos respeito!

De baixo de chuva, trabalhadoras e trabalhadores protestaram no centro e explicaram às centenas de "trânsito parado, prefeito é o culpado!"

Prédios bonitos e bem estruturados são importantes. Mas, sem trabalhadores motivados e valorizados, eles não passarão de elefantes brancos. Nós vamos dizer isso à população!

"Trabalhador na rua, prefeito, a culpa é sua!" Agora é o momento de intensificarmos as ações. Por isso, vem com a gente, participe e prepare-se, pois contra o desrespeito, nossa resposta é GREVE!

Faça a sua parte e vem pra luta, também!

Centenas de trabalhadores e trabalhadoras participaram das manifestações da nossa Jornada de Lutas. Eles estão batalhando por dias melhores para suas famílias e sabem que só assim, com união e esforço, conseguiremos conquistar o que é nosso por direito. E você? Vai ficar esperando que os outros lutem por você e por sua família? Com todo o respeito: já passou a hora de levantar do sofá e do computador e vir pra luta! Manifeste sua indignação junto com a gente!

#vempralutavem

Pesquise