Servidores de São Bernardo realizam ato e cobram novo diálogo

Principal reivindicação dos servidores é o reajuste salarial de 12,5%, sendo 8,04% referente à reposição da inflação

Nesta sexta-feira (24/04), os funcionários públicos de São Bernardo realizam novo ato, no Centro da cidade, pela campanha salarial. Até o momento, a Prefeitura pediu que o prazo de negociação fosse estendido até maio para poder apresentar uma proposta, tempo considerado longo pela categoria. A data-base dos servidores municipais é em março.

O ato será às 18h e os servidores irão se concentrar na praça Santa Filomena. De acordo com o presidente do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos) de São Bernardo, Giovani Chagas, a pauta da categoria foi apresentada para a Administração na primeira quinzena de fevereiro.

"É um desrespeito com a nossa categoria postergar a data da negociação para o mês de maio. Apresentamos nossa pauta no dia 13 de fevereiro, já para não ter atraso. Nós não estamos de brincadeira. Queremos a reposição da inflação, o aumento real, convênio médico decente, vale-refeição, cartão Servidor Cidadão e mais respeito. Caso contrário, teremos que seguir o caminho da greve", afirmou o presidente Chagas.

A principal reivindicação dos servidores é o reajuste salarial de 12,5%, sendo 8,04% referente à reposição da inflação medida pelo ICV (Índice do Custo de Vida) do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) mais 4,5% de aumento real.

Fonte: ABCD Maior

Pesquise