Trabalhadores protestam no bairro Alvarenga e conquistam o apoio da população da região

Em função de todas as atividades realizadas na nossa Jornada de Lutas, a categoria conseguiu, na manhã de hoje, 29 de abril, que o prefeito agendasse uma reunião no próximo dia 7 de maio. Mas, como não existe nada garantido que receberemos uma proposta positiva para a pauta de reivindicações da Campanha Salarial, continuaremos com as nossas mobilizações. Ainda hoje (29), no começo da noite, fomos à região do Grande Alvarenga dialogar com os munícipes. Amanhã, 30 de abril, às 6h, estaremos em frente à UBS do Parque São Bernardo.

A caminhada saiu das proximidades da EMEB Alfredo Scarpelli e foi até os arredores do bairro Sítio Bom Jesus. Durante o ato, os trabalhadores entregaram a Carta Aberta à População e ocuparam apenas uma faixa da Estrada dos Alvarengas. Os munícipes da região aderiram ao movimento e escutaram as explicações das reivindicações da categoria. "Nossa pauta é possível, coerente, e o governo tem condições de atender. Por isso não vamos parar, a luta continua. Estamos em estado de greve e as atividades da nossa Jornada de Lutas serão realizadas até sermos atendidos. Nos próximos dias teremos uma Assembleia para decidir, dependendo da proposta apresentada pela Administração, se será deflagrada uma greve", explica Giovani Chagas, Presidente do SINDSERV.


São os trabalhadores públicos que fazem a cidade funcionar, são eles que educam as crianças nas escolas, que cuidam da saúde da população, segurança e mobilidade urbana. Como estão com os salários arrochados, eles vão às ruas e demonstram à população que precisam ser valorizados, que precisam do apoio de todos, afinal, os munícipes de São Bernardo do Campo merecem um atendimento público de qualidade.

Leia também:Clique aqui e veja as fotos da atividade.

Depois de pressão na Câmara, prefeito agenda reunião 

Clique aqui e leia a nossa Carta Aberta à População 

Trabalhadores protestam no Riacho Grande e Anchieta para

Pesquise