São Bernardo apresentará proposta de reajuste no próximo dia 7

Agenda foi marcada nesta quarta-feira, após manifestação na Câmara

O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT) e o Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos) irão se reunir no próximo dia 7 para apresentar uma contraposta para a categoria. Os funcionários estão há dois meses em campanha salarial e na semana passada anunciaram "estado de greve".

A categoria está há dois meses em campanha salarial e essa será a primeira conversa entre o SINDSERV e a Prefeitura. Nesta quarta-feira (29/04), servidores foram à Câmara reivindicar a reabertura de diálogo entre o prefeito e o sindicato.

De acordo com o sindicato, foi um avanço a abertura de diálogo entre a categoria e a Prefeitura. O presidente do SINDSERV, Giovani Chagas, explica que o agendamento foi fruto das mobilizações da categoria e o anúncio de estado de greve. "Não é por causa do agendamento da reunião que vamos arrefecer nossa disposição de luta, vamos continuar realizando os atos regionais e, se preciso, voltaremos à Câmara", disse o presidente.

A principal reivindicação dos servidores é o reajuste salarial de 12,5%, sendo 8,04% referente à reposição da inflação medida pelo ICV (Índice do Custo de Vida) do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) mais 4,5% de aumento real.

Fonte: ABCD Maior

Pesquise