Quem não para, consente com o desrespeito e com o arrocho salarial

AGORA É GREVE!!! Todas e todos parados no dia 13.

No dia 13 de maio de 1888, o povo cercou o palácio imperial em um grande movimento para exigir que a Lei Áurea fosse assinada. Não podemos nos iludir! A Princesa Isabel não assinou a lei porque era "boazinha"! Assinou porque a pressão popular, organizada pelo movimento abolicionista, era muito forte!

13 de maio de 2015, 127 anos depois da "libertação" dos negros escravizados, nossa pressão, organização e disposição de luta podem mudar a história dos trabalhadores públicos de São Bernardo!

Vamos à luta por respeito, em defesa da nossa dignidade, contra o arrocho salarial, o assédio moral e o descumprimento de nossa data-base, conquistada pela categoria através de lei, quando o Excelentíssimo senhor Luiz Marinho já era o prefeito da cidade!!!

Chega de reclamar nos corredores e nas redes sociais! Vamos mostrar que somos fortes e que estamos unidos para lutar até a vitória!

Nos últimos anos, nossa luta garantiu a reposição total da inflação, aumento real, elevação do piso, programa habitacional, entre outras conquistas. Isto é muito importante e fez uma grande diferença em nossas vidas, pois impediu que a história de perdas salariais se perpetuasse. Agora, NEM A INFLAÇÃO O GOVERNO MUNICIPAL NEGOCIOU! Não podemos admitir este retrocesso! Não podemos voltar ao tempo em que o Sindicato não era recebido pelos prefeitos, período em que amargamos 10 anos sem nenhuma reposição salarial!

Por isso, a Assembleia do dia 7 deflagrou a GREVE! E ela será vitoriosa se nos unirmos e lutarmos sem medo! Dê uma aula de cidadania aos seus filhos, à sua família, e pare no dia 13!

Pesquise