Bateu o desespero!

Administração demonstra surpresa com mobilização intensa da categoria e coloca máquina administrativa, secretários e chefes para pressionarem trabalhadores. Nossa resposta ao desrespeito e ao deboche é GREVE!

reajustes

O dia começou com uma série de atitudes desesperadas da Administração, diante da grande mobilização em toda a categoria. A reação do governo foi de deboche: agendaram reunião para o dia 28 de maio!

Não bastasse o deboche, também investiram em tentativas de desestabilização do nosso movimento, com pressão de secretários e chefias, além da publicação de cartas com a afirmação inverídica de que estão negociando.

Os trabalhadores não são ingênuos e sabem, perfeitamente, que protelar a negociação para o dia 28 de maio, quando nossa data-base é março, é uma atitude desrespeitosa!

Todos sabemos que, apesar de São Bernardo ser a cidade mais rica do Grande ABC, todos os demais prefeitos da região já atenderam as reivindicações dos trabalhadores e apresentaram contrapropostas ou firmaram acordos. Diante disso, perguntamos à Administração: de que lado está a falta de bom senso?

Já no início da tarde, a informação foi de que um secretário municipal estaria ligando para trabalhadores e ameaçando com a imputação de falta injustificada aos grevistas. Esperamos, sinceramente, que não seja verdade, mas por via das dúvidas, queremos dizer a este secretário, que mal conhece a cidade de São Bernardo, que nós conhecemos muito bem os nossos direitos e que vamos lutar por eles, até o fim!

Se o tempo e o dinheiro que a Administração está perdendo para ameaçar e tentar intimidar os trabalhadores tivesse sido utilizado com seriedade nas negociações, a GREVE não seria necessária.

Levante a cabeça, dê um basta ao medo e vem pra luta!

Se a Administração joga com o medo, nós atuamos com a coragem. Enquanto eles investem na desinformação e na ameaça, nós nos mobilizamos e temos a certeza de que teremos uma das maiores greves da história dos servidores públicos do Grande ABC!

Por isso, dê um basta no medo, resgate toda a dignidade reprimida pelo assédio moral e vem pra luta!

Nesta quarta, todos e todas à Praça Santa Filomena, a partir das 6h!

Pesquise