Categoria rejeita imposição do governo

Oito mil trabalhadores nas ruas e governo diz que só negocia se a greve for suspensa. Nossa resposta é não!

O maior movimento de nossa história cresce a cada dia! Já dobramos o número de participantes nos atos e a adesão ultrapassou 70% da categoria.Nossa próxima meta é parar 100% dos serviços!

Então, siga este exemplo de dignidade, de coragem, e vem pra luta!

Se não negociar, a greve não vai parar!

Pesquise