Câmara ocupada!

Acampados! Grupo faz vigília no Paço.

Nesta quarta-feira, a Sessão da Câmara foi marcada por protestos da categoria. Nosso presidente, Giovani Chagas falou na tribuna e fez um apelo aos vereadores: "Sabemos que vocês já disseram que apoiam nossa causa, então, quero fazer outro pedido: aprovem uma moção de apoio à nossa GREVE e apresentem-na ao chefe do Executivo". Infelizmente, após várias interrupções, o prazo regimental da Casa passou e a moção não foi aprovada. "O presidente da Câmara nos explicou que o regimento exige que os projetos da ordem do dia sejam votados antes de aprovação de uma moção, então, acionamos o nosso Jurídico para analisar uma forma de rompermos esta burocracia. Se não der para ser aprovada em Plenário, vamos levar, gabinete por gabinete, para coletar as assinaturas", defendeu o presidente Giovani Chagas.

Diante de tantos impasses, cerca de 80 trabalhadores decidiram permanecer dentro da Câmara, onde estão acampados. Do lado de fora, vários trabalhadores, membros da Diretoria do SINDSERV e dos Comitês Sindicais de Base permaneceram em vigília.

Pesquise