MANIFESTO DE APOIO À GREVE DAS TRABALHADORAS E TRABALHADORES MUNICIPAIS DE SÃO BERNARDO DO CAMPO – SP

No dia 13 de maio de 2015, conforme decidido pela categoria em assembleia iniciou-se a GREVE. Todavia, mesmo com uma adesão em massa das Trabalhadoras e Trabalhadores, a administração não se manifesta de forma objetiva a atender a pauta de reivindicações.

Nesse contexto, a administração se mostra intransigente e irresponsável, ao não avançar nas negociações, já que o órgão técnico DIEESE, aponta haver estabelecidas, as condições reais de avanço, quanto a pauta apresentada, bem como, para defasagem salarial das Trabalhadoras e Trabalhadores, ocasionado pela inflação ao longo dos anos, o que reflete a notória necessidade não só da reposição da inflação, mas de ganho real de salário, diminuindo as perdas históricas, à medida que, não ocorrendo o avanço apontado, as Trabalhadoras e Trabalhadores terão que pagar o preço alto de ver reduzido seu poder de compra e as condições mínimas de subsistência familiar, com o achatamento salarial;

Assim, a FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES DA ADMINISTRAÇÃO E DO SERVIÇO PUBLICO MUNICIPAL NO ESTADO DE SÃO PAULO – FETAM-SP/CUT, torna público MANIFESTO DE APOIO A GREVE decretada pela categoria.

A FETAM-SP, reafirma seu apoio a Luta das Trabalhadoras e Trabalhadores municipais de São Bernardo do Campo e solicita a administração que receba os seus representantes do SINDSERV/SBC, com respostas objetivas, para a pauta de reivindicações apresentada, para pôr fim ao impasse que paralisou os serviços públicos da cidade.

A FETAM-SP solicita ainda, que o fim do impasse ocorra sem retaliações e sem os descontos dos dias parados pelas Trabalhadoras e Trabalhadores, já que a GREVE, no contexto apurado evidencia que foi a forma derradeira de ver amparada a pretensão legitima da categoria.

PAULA FRANCINETE COSTA LEITE

PRESIDENTE DA FETAM-SP

Pesquise