Reposição dos dias letivos vai contar para as horas paradas na GREVE

Em reunião realizada na Mesa Permanente de Negociações, nesta sexta-feira, 26, o SINDSERV conseguiu garantir que os trabalhadores da Educação não sejam obrigados a "pagar duas vezes" pela mesma hora parada. Ficou estabelecido que a reposição dos dias letivos no recesso escolar vai contar também para a reposição das horas paradas na GREVE. Antes, além de repor os dias letivos, os trabalhadores estavam sendo obrigados a optar por uma das formas de reposição das horas paradas, conforme o Acordo 6.400.

"Foi importante voltar à Mesa de Negociações para acertar esta questão, desde o início afirmamos que não aceitaríamos esta situação do trabalhador pagar, injustamente, duas vezes pela mesma hora parada", afirma o Presidente do SINDSERV, Giovani Chagas.

A reposição será feita por convocação e a Secretaria de Educação comprometeu-se a organizar de forma que contemple o maior número de trabalhadores.

Os professores de Artes e Educação Física que aderiram à GREVE serão convocados a atuar no Projeto Férias e, assim, também abaterão as horas paradas na GREVE. Os professores substitutos também serão convocados.

O SINDSERV continua negociando outros pontos do pós GREVE.

Pesquise