SINDSERV cobra que Administração retire faltas injustificadas do Portal do Servidor

Na noite de ontem, 16 de julho, a Administração lançou, no Portal dos Servidores, faltas injustificadas, no mês de maio, para os trabalhadores públicos que aderiram à GREVE.

"Essa é mais uma manobra da Administração com a intenção de desmobilizar qualquer movimento de luta da nossa categoria. O Sindicato, ao tomar conhecimento disso, encaminhou um ofício ao diretor de Recursos Humanos e ao secretário de Administração, solicitando que as faltas injustificadas sejam retiradas, imediatamente, uma vez a Lei Municipal nº 6.400 não estabelece, em nenhum de seus artigos e cláusulas o termo 'falta injustificada', e sim horas paradas. Essas horas já estão sendo repostas e a própria Administração enviou formulário às unidades, que por sinal, ainda depende de discussão com o Sindicato, para que os trabalhadores apontem a forma de reposição das horas paradas", disse o presidente do SINDSERV, Giovani Chagas.

No período de GREVE, o Sindicato efetuou através dos ofícios nº 288 a 298, a solicitação de justificativa da falta decorrente da GREVE, encaminhando cópias das listas de presença que os trabalhadores assinaram nos dias de paralisação. Até o momento, os ofícios não foram respondidos.

O SINDSERV vai tomar todas as providências necessárias para assegurar que nenhum trabalhador tenha seus direitos prejudicados. "Não vamos permitir essa prática antissindical contra os trabalhadores públicos de São Bernardo do Campo", finaliza Chagas.

Pesquise