SINDSERV confirma que abonadas de 2016 valem para a reposição

Nossa luta valeu e, assim como na retirada das faltas injustificadas, conquistamos o direito de utilização das abonadas de 2016 para reposição.

Depois de muita insistência e um longo período de espera, a Administração reconheceu que o apontamento do SINDSERV, de que era justo considerar as abonadas de 2015 e 2016 para a compensação das horas paradas na GREVE, estava correto, já que o Acordo vale por dois anos.

Na próxima semana, a Administração irá encaminhar o novo requerimento aos setores e unidades.

O SINDSERV estava preocupado com uma grande parte de trabalhadores que não teve a oportunidade de repor as horas paradas no recesso e o saldo a pagar continuava alto. A Administração foi cobrada, diariamente, para que as abonadas de 2016 também valessem para a reposição, por isso, consideramos o resultado como um importante avanço na luta.

Mais uma vez, preferimos o caminho da negociação, da argumentação irrefutável na defesa dos direitos da categoria, agindo com responsabilidade. Esta atitude pode parecer mais demorada, porém, uma ação judicial demandaria muito mais tempo.

Problemas com a Licença Prêmio também foram solucionados

O SINDSERV recebeu a informação de casos de trabalhadores que aderiram à GREVE e que estariam tendo problemas com a Licença Prêmio, por conta das horas paradas no período da GREVE. Levamos o caso à Mesa de Negociações e a Administração informou que corrigirá o problema, ocasionado devido a um erro no sistema.

Caso conste em seu prontuário a informação "perda da Licença Prêmio", procure o RH - Departamento de Gestão de Pessoas, pois eles vão corrigir o erro. Se o problema não for solucionado, procure o SINDSERV.

 

Pesquise