Em jornal regional, prefeitura afirma ter encontro "firmado" sobre a Campanha Salarial

Em matéria publicada na edição desta quarta-feira, 14, o Diário do Grande ABC faz um balanço das negociações entre as prefeituras e os servidores da região. Já no título, aquele velho apoio aos prefeitos: "Crise atrapalha reajuste de salário de servidores em quatro cidades". Mais adiante, ao falar da situação em nossa cidade, afirma que "São Bernardo tem firmado ainda encontro com representantes da categoria. O sindicato reivindica 4,69% em março, data-base, e aumento real de 2,8%. Contraproposta do Paço é de reajuste de 5% em novembro. A categoria, que decretou estado de greve, fará ato no dia 23 para discutir o tema".

O SINDSERV afirma que NÃO HÁ NENHUM ENCONTRO FIRMADO pela Administração, até o momento, e reassume seu compromisso de comunicar à categoria, caso isso ocorra.

Ao argumento de que "a crise" estaria atrapalhando o reajuste, mais uma vez, dizemos que NÃO SOMOS RESPONSÁVEIS POR QUALQUER CRISE, que a Prefeitura de São Bernardo teve um crescimento econômico de 2,8% em 2016, que a dívida ativa da cidade caiu no mesmo período e que quem tem tanto dinheiro para gastar com marketing, deve ter para investir na valorização dos trabalhadores.

Atitude anti-sindical na SE

Além de não ter firmado nenhum encontro com o Sindicato, também nesta quarta-feira, representantes sindicais encontraram dificuldades para acessar a Secretaria de Educação, onde ocorreu uma atividade da Campanha do Agasalho. Esta atividade contaria com a presença do Prefeito, porém, apenas a Primeira Dama compareceu.

No dia 23, vamos PARAR SÃO BERNARDO e mostrar que não vamos aceitar esse desrespeito.

Pesquise