“Live or Lie?” Prefeito mente e omite informações em suas tradicionais “lives”

Mais uma vez, o prefeito de São Bernardo se valeu de transmissão ao vivo pelo Facebook para mentir, omitir e negar informações. Este até que poderia ser um espaço interessante para o diálogo com a população, desde que ele não espalhasse fakenews.

A mentira da vez é sobre a reposição salarial dos trabalhadores públicos. Ao contrário do ufanismo do gestor, todos sabemos que a data-base da categoria, março, não foi respeitada. Basta observar os holerites para perceber que não houve pagamento retroativo. Além disso, e talvez ainda mais grave, é que o reajuste de 5% é insuficiente, incompleto e desrespeitoso, pois mantém o acúmulo de perdas salariais durante o atual governo, desconsidera os demais itens da Pauta de Reivindicações da Campanha Salarial 2019 e não respeita as dificuldades vividas pelos servidores e suas famílias, contrariando o que fora prometido durante a campanha.

live or lieAlém de mentir, o prefeito omitiu a informação sobre a grande manifestação realizada na última quarta-feira, 8, que ficará para sempre marcada como o Dia do Basta a uma gestão que desvaloriza os servidores e abandona a cidade.

Também negou-se a responder aos insistentes apelos de auxiliares em educação que entraram na transmissão do prefeito questionando seu posicionamento sobre o Projeto de Lei para adequação da jornada de trabalho para 30 horas semanais. Simplesmente fez de conta que não era com ele.

Estranho é verificar que espaços legítimos de diálogo, como a Mesa Permanente de Negociação, tem sido sistematicamente negados pelo prefeito, que prefere agir como um "blogueiro", desqualificando, inclusive, uma ferramenta que poderia ser digna de elogios no contato com o povo.

Cuidado, prefeito, afinal LIVE, do inglês "ao vivo", é muito próximo de LIE, que na língua inglesa significa "mentira".

Pesquise