Irresponsabilidade da Administração coloca trabalhadores em risco

Governo não regulariza questão de EPIs, nem mesmo após denúncias do Sindicato ao Ministério do Trabalho

cuidadoA situação de risco vivida por inúmeros trabalhadores da Administração municipal continua e se aprodunda a cada dia. As denúncias frequentes apresentadas pelo SINDSERV, que inclusive já foram levadas ao Ministério do Trabalho, permanecem sem respostas concretas. Parece que quando o assunto é segurança e saúde do trabalhador, a atual gestão perde os sentidos: não escuta, não enxerga, não fala e, muito menos, usa a cabeça!

Faltam EPIs - Equipamentos de Proteção Individual, como botas, uniformes, luvas. A situação é mais grave nos cemitérios e na Secretaria de Serviços Urbanos, mas também afeta outros setores e secretarias, onde servidores saem de suas casas para o trabalho, sem saber se retornarão com saúde. "É inadmissível que o que temos relatado ao governo e aos órgãos de fiscalização continue sem resposta. Encontramos trabalhadores operacionais exercendo suas funções sem calçados apropriados, alguns calçando chinelos, além de uma série de irregularidades que ferem as normas regulamentadoras", afirma a presidente Marlene Matias.

O SINDSERV vai acionar a Justiça para que este desrespeito cesse imediatamente!

Pesquise