MCMV: Assembleia define Comissão de Acompanhamento de Obras

120 famílias de servidores fazem parte do Projeto. José Rubem ressalta a importância da parceria entre SINDSERV e MSTL

mstl, mcmv

O MSTL, Movimento Sem Terra de Luta, realizou neste domingo (7),  assembleia com  os membros do Projeto Frei Tito com o objetivo de eleger a CAO – Comissão de companhamento de Obras.

Esta foi a primeira reunião após a publicação do edital no Diário Oficial da União, pelo Ministério das Cidades, com portaria de complementação do valor de operação relativo aos Projetos Frei Tito e Nelson Mandela. Isso representa um passo muito importante para os membros do projeto, entre eles muitos trabalhadores públicos, pois agora a CAIXA está autorizada a definir a contratação que dará início às obras.

O Presidente do SINDSERV, José Rubem, esteve presente na atividade parabenizando a todos e todas por mais esta conquista. Em sua fala, lembrou que temos que nos manter organizados na luta para enfrentar os obstáculos que possam vir a surgir. Reiterou, também, mais uma vez a parceria de sucesso entre o MSTL e o SINDSERV.

Pesquise