120 famílias de servidores são contempladas no Minha Casa, Minha Vida

mcmvDentro dos próximos de três anos, 120 famílias de trabalhadores públicos de São Bernardo do Campo, nossos companheiros, estarão realizando o sonho da casa própria! Esse sonho parecia estar muito distante, mas em breve se realizará, graças à nossa luta, a luta de todos nós. Isso nos motiva a continuar lutando para que outras famílias também realizem esse sonho.

O SINDSERV já havia conquistado, na Mesa Permanente de Negociações, o direito a 100 unidades que serão construídas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, em parceria com as Secretarias Municipais de Habitação e de Administração e o Centro de Formação Popular Frei Betto. Depois do processo de inscrição e aplicação dos critérios de seleção, 120 trabalhadores sindicalizados foram pré-selecionados, por estarem dentro dos critérios exigidos pelo Programa, pelo Centro Frei Betto e pela Caixa Econômica Federal.

Segundo o presidente do SINDSERV, Giovani Chagas, nas discussões para definição do corte de 20 nomes, o nosso Sindicato, apresentou a reivindicação pela manutenção dos 120 selecionados.

"Nosso objetivo é que o maior número de servidores seja atendido, dialogamos e reivindicamos com a direção do Centro de Formação Popular Frei Betto, para que não houvesse corte, conseguimos chegar em um entendimento e contemplar mais 20 famílias, ou seja, conseguimos ampliar o número de moradias, de 100 para 120", explica Giovani Chagas.

Fique de olho no calendário

Os 120 trabalhadores contemplados devem ficar atentos às obrigações que lhes foram passadas durante o pré-cadastro, que são os compromissos assumidos junto ao Centro Frei Betto e o comparecimento às reuniões. O próximo passo será deixar a documentação em ordem para que seja encaminhada à Caixa Econômica Federal.

Luta por novos projetos continua!

O SINDSERV comemora a conquista destas 120 moradias, mas não para por aí! Sabemos que a demanda na categoria é muito maior, em todas as faixas salariais. Por isso, no dia 13 de março, recebemos o superintendente Regional da Caixa Econômica Federal em nossa sede para debatermos este assunto. "Ficamos muito animados com a disposição da Caixa em estudar novas possibilidades de empreendimentos para nossos trabalhadores", afirmou o presidente Giovani Chagas. "Além disso, estamos aprofundando o debate com o Centro Frei Betto e com a Administração Municipal através da Mesa Permanente de Negociações, para ampliarmos o número de associados contemplados, agora também, em outras faixas salariais", completa Chagas.

Pesquise