Servidores de Diadema em GREVE

Os funcionários públicos de Diadema estão em greve desde o dia 15. Lá, o prefeito ofereceu 3,5% de aumento, parcelado em três vezes (abril, setembro e dezembro). A categoria não aceitou e deflagrou a greve.

O nosso Sindicato está no apoio aos companheiros do SINDEMA e manifesta a solidariedade dos trabalhadores de São Bernardo ao movimento.

Ketu Riahb e Geraldo Pereira, diretores do SINDSERV, compareceram ao ato realizado na Câmara de Diadema e o presidente Giovani Chagas levou nossa solidariedade à diretoria do SINDEMA. 

Pesquise