SINDSERV cobra pagamento do retroativo das referências aos profissionais da educação aposentados

No dia 14 de abril, o SINDSERV esteve em reunião no SBCPREV (Instituto de Previdência do Município de São Bernardo do Campo) para debater o pagamento, de forma única, do valor retroativo das referências dos profissionais da educação aposentados reenquadrados no novo Estatuto da Educação, após quase um ano de vigência do mesmo.

Após o reenquadramento, o valor retroativo das referências não foi pago e os profissionais da educação aposentados foram informados que a verba para efetuar o pagamento estaria prevista no orçamento de 2016. Durante a reunião, o nosso Sindicato recebeu a informação que este pagamento ainda não foi iniciado, que a questão orçamentária não permite que o faça neste primeiro semestre e que não existe perspectiva de pagamento este ano.

Solicitamos então que seja efetuado um cronograma para início imediato do pagamento retroativo das referências e que os critérios sejam discutidos com o Sindicato. Diante de uma negativa de pagamento imediato, e da solicitação para discutir este ponto apenas no segundo semestre, sem a apresentação de um cronograma que pudesse ser avaliado pelos trabalhadores aposentados da educação, não nos resta alternativa a não ser ingressar com uma ação judicial cobrando o pagamento que já é direito adquirido.

Pesquise