Diretores do SINDSERV recebem certificados da Escola de Formação da CUT

Diretores do SINDSERV foram certificados no Instituto Cajamar e assumem compromisso de ampliar sindicalismo cutista junto à classe trabalhadora

Dirigentes e lideranças sindicais de diversas categorias participaram nesta quinta (19) da cerimônia de certificação de cursos da CUT. Representando o SINDSERV , a secretária-geral, Cássia Tochetto recebeu o certificado de Formadora da CUT e o presidente, Giovani Chagas e o diretor e representante na FETAM Ketu Riahb que receberam certificados no curso de Desenvolvimento de Políticas Públicas e Ação Regional.

O evento reuniu servidores municipais, metalúrgicos, químicos, gráficos, petroleiros e rurais, além de assessores da CUT/SP e trabalhadores/as da educação, saúde, serviços e do sistema prisional na Cooperativa dos Trabalhadores/as do Instituto Cajamar (Cooperinca), berço histórico da formação de lideranças da CUT.

O curso de FF prepara os sindicalistas para atuarem como multiplicadores, levando as propostas e a concepção cutista a outros dirigentes nos sindicatos, subsedes e também à base dos trabalhadores/a.  Já o DPPAR qualifica para participação nos conselhos de políticas públicas nas esferas municipal, estadual e federal.

Toda a proposta pedagógica dos cursos é baseada na metodologia construtivista e revolucionária de Paulo Freire, sobretudo os princípios da educação popular criada pelo pedagogo pernambucano. Nessa prática didática, o educando interage com a realidade, concebe seu próprio aprendizado e se liberta da opressão social, contrapondo o que Freire classificou como “educação tecnisista e alienante”.

“Nossa concepção se pauta pela construção coletiva, por meio de trocas de experiências organizativas e de conhecimentos com uma metodologia participativa. O saber adquirido pelos trabalhadores/as ao longo da vida vem contribuindo decisivamente para potencializar as ações  frente ao desafio da organização sindical e das mudanças no mundo do trabalho”, explica Telma Andrade Victor, secretária estadual de Formação da CUT/SP.

Sem incorformismo não há transformação social, avalia secretário Geral da CUT/SP.

Ousadia e compromisso - Na entrega dos certificados, o secretário Geral da CUT/SP, Sebastião Geraldo Cardozo, pediu ousadia aos formadores, pois, segundo o dirigente, sem incorfomismo não é possível transformar a sociedade.

“Se formos dar ouvidos e praticar ações sindicais somente dentro da legalidade, atuaremos só dentro do que prevê o grande capital, que é quem faz a leis em todo o planeta. O processo legalista nem sempre avança e tende a frear a luta da classe trabalhadora”, ressalva.

Na mesma linha, Sônia Auxiliadora , coordenadora da Escola São Paulo e secretária da Mulher Trabalhadora da CUT/SP, afirmou que o principal é olhar para as possibilidades de contrapor o que está posto. “É isso que faz a diferença nesse processo de formação, no cotidiano da prática sindical e nas táticas de cidadania”, avalia.

Os formandos, que agora fazem parte Rede de Formação da CUT, foram unânimes ao assumir como objetivo fundamental o compromisso de multiplicar a concepção do sindicalismo cutista.

“Hoje levo uma bagagem de mais conhecimento e integração para que eu possa ser mais atuante como conselheira em meu município e na região, além de poder levar mais informação a outros trabalhadores/as”, disse Joana Adelaide Dias, do Sindicato dos Municipais do Vale do Ribeira, que concluiu o curso de DPPAR.

Para José Celestino Lourenço, o Tino, secretário nacional de Formação da CUT, não é possível debater as políticas públicas de forma desarticulada e por isso a preparação voltada aos conselhos é tão relevante.

“As políticas públicas são fundamentais para disputar o poder e o desenvolvimento local. São estes espaços que permitem democratizar as decisões e ter mais controle social para intervir mais no orçamento a partir do olhar da classe trabalhadora”.

Fábio Cesar Ferreira, o Jabá, do Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp), concluiu o curso de FF e destacou a importância de usar o conhecimento adquirido como caminho para aproximar a base das entidades sindicais. “Os funcionários do sistema prisional ainda precisam de esclarecimentos quanto à atuação sindical e à participação no Sifuspesp. A categoria tem que aprender e é papel do sindicato trazê-la para as reuniões, para as assembleias e mobilizações”.

Ferreira disse que o Sifuspesp fará um planejamento para dar continuidade à formação e espera que outros cursos de FF deem espaço também à presença de trabalhadores/as da base. “Só com a participação da categoria é que esse projeto dará certo”.

Certificados no curso de Formação de Formadores

Amarildo Mendes Pereira Araújo Sind. Servidores Públ. Munc. Jundiaí
Cassia Tochetto Sindserv/SBC
Celso Alves Antunes Sind. Metalúrgicos Pindamonhangaba
Cinthia Marcondes Moreira Muniz Fed. Trab. Em Seguridade Social Est. SP
Cristina Peregrino Morales Ponce Apeoesp de Tupã
Elenice Conceição de Santana CUT/SP
Fábio Cesar Ferreira Sifuspesp
Herivelto Santos Moraes FEM/CUT SP
Jeferson Soares Sindae de Campinas
Luciano da Silva FEM/CUT SP
Luiz Eduardo Barduco Koyama Sind. Municipais V. Ribeira
Luiz Marcos Ferreira Junior Sindiescrit – Sind. Emp. Em Escritórios de Emp. Transportes Guarulhos
Marcelo Marques de Souza Sind. Trab. Em Ind. Gráficas Jundiaí e Região
Marcos Alnei Sestari Sindae de Campinas
Marcos Meira Rocha Sindsaude de Guarulhos
Marli de Jesus Clementino Fetquim – CUT/SP
Osmar Lopes Sindsel Limeira
Rosenilda aparecida S. Cruz Faf
Sandra Carvalho Rodrigues CUT/SP
Silvio César do Nascimento Sind. Metalúrgicos do ABC

 


Certificados no curso de Desenvolvimento de Políticas Públicas e Ação Regional

 

Ketu Riahb FETAM
Cicero Costa Filho Sindsaúde ABC
Francisco Feitosa Alves Sobrinho FAF- Fed. Agricultura Familiar
Giovani Chagas SINDSERV/SBC
Joana Adelaide Dias Sind. Municipais Vale do Ribeira
Luiz José Gila da Silva Sind. Trab. Comércio de Minérios e Derivado de Petróleo no Estado SP
Marta Fernandes Motta Sind. Municipais Vale do Ribeira
Roberto Teodoro de Santana Sindilimpeza Baixada Santista
Romeu Moreira Junior Sind. Serv. P. Munic. Jundiaí
Sônia Maria Santos Medeiros da Silva    CUT Subsede Bauru
Vera Ilsa Alves da Silva Sind. Municipais Vale do Ribeir


Fonte:www.cut.org.br

Pesquise