Processos do FUPREM: acabou a paciência!

SINDSERV e aposentados vão ao Tribunal para reclamar da demora do Judiciário

O SINDSERV, realizou reunião com os aposentados na tarde do dia 25 de fevereiro, na sede da entidade, quando nossa Diretoria, assessorada pelo Departamento Jurídico, pôde esclarecer dúvidas e tomar um encaminhamento referente aos processos do FUPREM.

Depois de nosso Sindicato ter conquistado na Justiça o direito ao pagamento dos precatórios referentes ao processo do FUPREM, muita expectativa foi gerada entre os beneficiários, mas, até agora, diversos aposentados e aposentadas estão esperando para receber. Segundo a advogada do SINDSERV, Drª Tathiana Ravagnani, "O precatório, na ordem do Tribunal, está no número 32, o nosso precatório é o número 38, falta pouco para recebermos, mas, o grande problema que estou notando é que o Tribunal faz o pagamento, só que os juízes estão demorando cinco, seis meses, para liberarem."

Segundo o diretor jurídico, Geraldo Izaias, o Sindicato tem atuado com responsabilidade e não mede esforços para defender o direito de nossos aposentados. "É importante que vocês saibam que vamos fazer o possível para que esse dinheiro seja liberado o mais breve."

Diante deste quadro, os diretores do nosso Sindicato e os aposentados tomaram a decisão pressionar o Poder Judiciário. "Vamos organizar idas diárias à Ouvidoria do Tribunal de Justiça, na praça da Sé, para demonstrar nossa insatisfação quanto à lentidão do Judiciário", afirmou senhor Ernesto, membro da Comissão de Aposentados.

"Para nós, cada vez que realizamos uma reunião com os aposentados é muito importante, porque tem gente aqui que é fundador do SINDSERV, e aqui é um espaço que é de vocês, é do trabalhador, tem que vir, tem que tirar as informações, as dúvidas que vocês tem." disse o nosso presidente, Giovani Chagas. 

Pesquise