SINDSERV vistoria EMEB e confirma que Auxiliares em Educação têm direito ao Adicional de Insalubridade

No dia 1º de abril, o SINDSERV esteve na EMEB Cecília Oliveira Turbay, no Riacho Grande, com o objetivo de avaliar as condições de trabalho dos Auxiliares em Educação da unidade, observando as descrições das atividades destes profissionais, a frequência e o tempo de exposição aos riscos, para considerar o direito ou não ao pagamento de Adicional de Insalubridade.

A nossa Diretora de Saúde e Segurança do Trabalho e a Técnica em Segurança do Trabalho, Maria Lúcia Santos Marcelino e Priscila Santos, visitaram a escola na companhia de um Engenheiro de Segurança do Trabalho que fez uma análise, levando em consideração vários fatores de risco encontrados no local, e concluiu que as atividades dos Auxiliares em Educação daquela unidade são insalubres e que, portanto, eles têm direito ao pagamento do Adicional de Insalubridade e que esse direito deveria ser estendido aos demais Auxiliares em Educação que se encontram nas mesmas condições.

"O SINDSERV considera que o pagamento do Adicional de Insalubridade não é o ideal. Os trabalhadores precisam de melhores condições de trabalho, tais como: a redução da jornada de trabalho; a eliminação ou neutralização dos riscos que expõem os trabalhadores ao ambiente insalubre; o dimensionamento de profissionais pelo número de crianças, levando em consideração o número de afastamentos relacionados ao adoecimento no trabalho e adotar medidas de proteção necessárias para manter o ambiente de trabalho dentro dos limites de tolerância", afirma Maria Lúcia.

Para requerer o direito do Adicional de Insalubridade, o SINDSERV orienta que o trabalhador preencha um formulário, onde será solicitada a análise de um Engenheiro do Trabalho na unidade escolar mencionada. "O formulário está disponível em nosso Sindicato, no Setor de Segurança e Saúde do Trabalho", finaliza Maria Lúcia.

Há algum tempo atrás, o SINDSERV cobrou da Administração a abertura de concurso público para a contratação de Engenheiro e Técnico em Segurança do Trabalho. "Esses profissionais são fundamentais para tratar do que diz respeito às condições de trabalho", afirma Giovani Chagas, Presidente do SINDSERV.

SINDSERV

Rua Caetano Zanella, nº 90

Centro – São Bernardo do Campo

Telefone: 4345-1444

Pesquise