Professores Substitutos na luta por melhores condições de trabalho

Sindicato, professores substitutos e Secretaria de Educação discutem melhores condições para este quadro 

Como parte da ação que o Sindicato vem promovendo com os diversos grupos do Estatuto do Magistério para melhorar as condições de trabalho e rever atribuições, na noite de 18 de novembro, reuniram-se representantes dos professores substitutos, Cássia Tochetto, representando o SINDSERV, o Secretário de Educação, Paulo Dias, e parte de sua chefia.  

Os principais pontos debatidos foram:

- a transposição do regime jurídico, de celetistas para estatutários;

- atuação na sede e emergencialmente nas unidades do entorno;

- vale-transporte compensatório, sempre que o professor tiver que utilizar outro transporte para se deslocar, no mês seguinte seria creditado o gasto extra;

- abertura da possibilidade de subsitutuição de licenças longas, como, licença maternidade ou de professores em função gratificada;

- possibilidade se assumir função gratificada, na medida em que são professoras de educação básica (sobre isso, já existe parecer inicial favorável da PGM - Procuradoria Geral do Município);

- atribuição bianual, a ser realizada em 2016, com o intuito de aproximar, cada vez mais, este profissional dos demais professores de educação básica.

 

A reunião se mostrou bastante produtiva. O grupo de professores substitutos e Sindicato já vem discutindo este tema e estão bem embasados para que estas propostas sejam, de fato, efetivadas.

 

Para a secretária geral, Cássia Tochetto, "Esta é só mais uma das muitas inciativas de buscar, junto aos trabalhadores e com aparato teórico e jurídico, a melhoria para os educadores".  

 

A próxima reunião está marcada para o dia 01 de dezembro, então poderemos ter novos encaminhamentos.

Pesquise