Câmara aprova gratificação para trabalhadores da Saúde

A Câmara dos Vereadores aprovou, durante a Sessão desta quarta-feira, 19 de junho, um reajuste nas gratificações pagas a trabalhadores da Saúde. Médicos e dentistas plantonistas, além de profissionais da enfermagem que atuam no Programa Saúde da Família, serão beneficiados.

O reajuste, que em alguns casos chega a 21%, refere-se à reposição da inflação registrada entre 2010 e 2012. Isto foi necessário, pois os reajustes salariais do período não foram aplicados sobre as gratificações, apenas sobre os salários-base.

O reajuste foi discutido na Mesa Permanente de Negociações e faz parte de um esforço para equiparação salarial nos sete municípios do Grande ABC. O presidente do SINDSERV, Giovani Chagas, se mostrou satisfeito com a medida, mas salientou que agora o nosso Sindicato vai lutar para incorporar a gratificação ao salário dos profissionais. Hoje, ao se aposentar, o servidor recebe apenas o salário base.

"A gratificação chega a representar 50% dos vencimentos de alguns profissionais", disse Chagas. O salário base de um médico que atua na rede de atenção básica é de cerca de R$ 2.500, para uma jornada de 20 horas semanais, chegando a aproximadamente R$ 5.000 por mês com a gratificação. "Esta medida, além de fazer justiça aos trabalhadores da Saúde, vai representar um estímulo para que estes profissionais permanecem atuando em nossa cidade. Há relatos de falta de médicos em várias unidades, e um dos principais motivos para este verdadeiro êxodo, é a baixa remuneração", conclui Chagas.

Pesquise