Cipeiros da Saúde realizam vistorias

ipaA ação dos representantes dos trabalhadores da Saúde na CIPA continua a todo vapor. Várias vistorias têm sido realizadas nos locais de trabalho e soluções estão sendo cobradas da Administração para evitar que tanto funcionários quanto munícipes, sejam vítimas de condições inadequadas.

Na Equoterapia, depois da intervenção da CIPA e do Sindicato foram entregues alguns EPIs na última semana.

Segundo os membros da CIPA, há vários problemas nas unidades de saúde da cidade. No Santa Terezinha, há risco de acidente, com interdição de sala e prejuízo do serviço devido ao desabamento do forro. No CEO, houve interdição de trabalho de limpeza de vidros em altura sem os devidos equipamentos de proteção. No Baeta, a realidade é caótica: vazamentos, infiltrações, umidade, estrutura do prédio comprometida por rachaduras, instalações hidráulicas e elétricas improvisadas, macas enferrujadas, cadeiras quebradas, trabalhadores alimentando-se nos vestiários e no depósito de material de limpeza por falta de espaço na cozinha, sala de raio-X desativada, com acúmulo de materiais e insetos.

Ainda segundo os membros da CIPA, todas as medidas de praxe são tomadas, entretanto, a resposta da Administração tem sido extremamente demorada ou inexistente, o que coloca em risco a saúde de centenas de trabalhadores.

Pesquise