Reunião na GCM

Em reunião com o secretário de Segurança Urbana e o subcomandante da GCM, o SINDSERV levou vários questionamentos e reivindicações dos trabalhadores: Assédio moral: questionado sobre os casos que vêm ocorrendo na instituição, o secretário afirmou ser contrário a tal prática e comprometeu-se a solucioná-los. Novo Estatuto: segundo ele, assim que estiver finalizado irá apresentar ao Sindicato para apreciação dos GCMs. Consultas médicas: em muitos casos, quem marca a data é a Greenline, não o servidor, que além de esperar pode não passar por consulta, por conta da proibição da chefia. O secretário afirmou que este direito não pode ser proibido. Viaturas e armamento: em breve, a GCM deve receber 50 viaturas alugadas, além de novo lote de armamento. Progressão: apontamos nossa preocupação quanto à forma que a Lei 2240/76 será implententada na GCM, pois profissionais mais antigos poderão ficar fora do enquadramento, sem contar que a chefia que deve avaliar os Guardas concorre com os avaliados na mesma faixa. Exigimos uma solução neste caso. Reivindicações antigas: quanto aos coletes balísticos e à rede de rádio, houve evolução nos encaminhamentos.

Pesquise