Vereadores aprovam privatização dos cemitérios

Ao invés de resolver os problemas do Cemitério do Baeta, prefeito vai entregar o patrimônio público para empresários. Um grande "negócio", já que os outros três cemitérios da cidade passaram por reformas recentemente.

aqui jaz o patrimônio públicoMais uma vez, a tática neoliberal de "sucatear para depois entregar para os 'amigos'" se repete em São Bernardo. Na última Sessão do ano, a Câmara dos Vereadores aprovou, por 18 votos a 7, a autorização para que o Executivo privatize os cemitérios da cidade.

O que chama a atenção é o fato de que os outros cemitérios públicos da cidade passaram por reformas e tiveram os velórios ampliados, recentemente. No caso do Baeta, o SINDSERV tem denunciado a situação precária, tanto nas condições de trabalho, quanto na questão da segurança e do alagamento de túmulos, que coloca em risco de contaminação o lençol freático. Apesar de ter recursos previstos no orçamento de 2017 para as obras de manutenção, a "gestão" respondeu aos ofícios do Sindicato informando que "não realizaria os serviços por falta de verbas". Agora, somos surpreendidos com esta votação na Câmara.

O SINDSERV vai tomar todas as medidas possíveis para impedir mais este desfalque ao patrimônio da cidade e prestará total assistência aos trabalhadores da SU que atuam nos cemitérios.

Pesquise