Em defesa dos servidores e do serviço público de qualidade

Administração age de forma covarde na relação com os servidores

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

 Prefeito tenta asfixiar Sindicato financeiramente, gera revolta em sindicalizados e aumenta a mobilização da categoria

Como diriam os mais experientes, o prefeito “deu com os burros n’água” ao promover mais um ataque sem precedentes ao Sindicato. Horas antes da Assembleia realizada no dia 14, e a apenas três dias do fechamento da folha de pagamento, o “gestor” da cidade encaminhou ofício comunicando que a partir deste mês a prefeitura não faria mais o desconto em folha das contribuições sindicais. Ele se baseia em Medida Provisória assinada por Bolsonaro, MP 873/19, publicada às 18h30 de 1º de março, sexta-feira de Carnaval.

Obviamente, tal MP é inconstitucional, primeiro porque elas só devem ser editadas em casos de extrema urgência, quando não se pode esperar pela tramitação no Congresso, segundo porque a contribuição sindical é voluntária, portanto, uma opção do trabalhador, que deve ser respeitada.

Esta tentativa desesperada de asfixiar financeiramente o Sindicato é só mais uma, entre tantas outras atitudes antidemocráticas do prefeito. Ainda na semana passada, ele recorreu de decisão judicial que determina a instalação imediata da Mesa Permanente de Negociações, que o obrigaria a discutir a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2019. Antes disso, agiu de maneira tresloucada durante uma “live” no Facebook, quando rasgou o SINDSERV Jornal enquanto proferia palavras de baixo calão e ofensas aos trabalhadores e dirigentes sindicais.

 

POR QUE O PREFEITO TEM TANTO MEDO DA CATEGORIA E DE SUA ENTIDADE REPRESENTATIVA?

Talvez, porque saiba exatamente a força que temos quando nos unimos. Mas, pode ser, simplesmente, por ele não ter capacidade de exercer um cargo tão importante como o de Chefe do Executivo de São Bernardo, onde os interesses da cidade devem estar acima dos pessoais e partidários. E ele tem deixado cada dia mais claro que não entendeu o que é ser republicano e que quando tomou posse passou a ser o prefeito de toda a cidade, não apenas de sua restrita classe social.

 

IRRESPONSÁVEL!

MEDIDA DO GOVERNO MUNICIPAL PREJUDICA

TODOS OS TRABALHADORES SINDICALIZADOS, ESPECIALMENTE

OS QUE UTILIZAM CONVÊNIOS DO SINDSERV E OS QUE TÊM

PROCESSOS JUDICIAIS EM ANDAMENTO.

UMA VERGONHA!

Deixe um comentário