Em defesa dos servidores e do serviço público de qualidade

Justiça acata ação do Sindserv SBC e suspende pregão de venda da carteira do IMASF

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Em meio à ofensiva da prefeitura em extinguir o IMASF, o Sindserv SBC garantiu uma vitória judicial a favor dos beneficiários do instituto. O juiz Alexandre Jorge Carneiro da Cunha Filho, da comarca de São Bernardo Campo do Tribunal de Justiça do Estado, acatou ação civil pública de violação aos princípios administrativos apresentada pelo sindicato e emitiu liminar favorável à categoria.
Com isso, fica suspenso o pregão, marcado até então para acontecer no dia 7 de julho. O juiz entendeu que os argumentos apresentados na ação são válidos. O Sindserv SBC questiona a ausência de assembleia com os usuários do IMASF, além da não convocação e deliberação por parte do Conselho de Administração, Assembleia de Segurados e Conselho Fiscal para aprovação do pregão. Soma-se a isso a falta de uma audiência pública com todas as partes envolvidas: conselhos, beneficiários e sindicato. A contratação da carteira giraria em torno de R$ 330 milhões.
Vale ressaltar que o IMASF passa por um processo de total desmonte sob a atual administração da prefeitura. O conselho que fiscaliza as atividades do instituto alega constante falta de transparência por parte da superintendência que administra o instituto. São negados acessos a documentos fiscais, balanços e demais documentações vitais para a correta fiscalização do IMASF.
Na próxima sexta-feira (02/07) o Sindserv SBC fará reunião com o conselho administrativo do IMASF e usuários do plano de saúde, por meio do aplicativo Zoom. Para participar, é preciso a acessar o link:
ID: 853 6008 6139

Deixe um comentário