Em defesa dos servidores e do serviço público de qualidade

Servidores e sindicato criam agenda pela garantia de direitos em São Bernardo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A assembleia geral dos servidores de São Bernardo, realizada na última quinta-feira (12), apontou uma agenda permanente da categoria. Aspropostas foram apresentadas e chanceladas pelos funcionários públicos municipais. São elas:
– Construção de novos atos da categoria em defesa dos direitos dos servidores
– Instalação de uma assembleia permanente
– Realização de reuniões setoriais
– Participação da greve geral programada para o próximo dia 18 de março.

“São ações que contemplam os anseios dos servidores e as nossas ações enquanto sindicato”, afirmou a presidenta do sindicato, Marlene Matias. A agenda tem como objetivo combater os desmandos do atual governo do município.

“O discurso do governo é que a reforma vai resolver um problema, mas não vai. Vai sufocar ainda mais o servidor”, criticou Liu Marinho, diretor de políticas sociais do SINDSERV.

A reforma da previdência, aprovada pela administração e chancelada pela Câmara Municipal em dezembro de 2019 a “toque de caixa” voltou a ser amplamente criticada pelos servidores durante a assembleia.

“O que esse governo que aí está não entende é que prejudicando o servidor quem vai sofrer é justamente a população que precisa do serviço público”, lembrou Eva de Menezes, secretária de base e sindicalização do SINDSERV.

 

Deixe um comentário