Em defesa dos servidores e do serviço público de qualidade

Guardas Civis Municipais denunciam desvio de função em condução de pessoas em situação de rua a albergues

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O Sindserv SBC recebeu denúncias de guardas civis municipais (GCMs) sobre o desvio de função durante as abordagens a pessoas em situação de rua para sua condução aos albergues da cidade nos dias de frio extremo. De acordo com os relatos recebidos pelo sindicato, os guardas estão sendo obrigados a realizar as abordagens, ao invés de funcionários do serviço social do município, chamados ‘pop rua’.

O fato tem gerado desconforto nos servidores da Secretaria de Segurança Urbana, já que a medida descumpre ação judicial apresentada pela própria prefeitura e acatada pela Justiça. No documento expedido pela juíza Ida Inês Del Cid, o município deve realizar as atuações por meio de profissionais competentes, tendo a Guarda Civil Municipal como apoio, em situações em que possam haver conflitos.

Além de questionarem a função que estão sendo obrigados a assumir nas conduções das pessoas em situação de rua, os guardas também apontam a falta de equipamentos de proteção adequados, como luvas e máscaras, sendo expostos ao risco de contágio de doenças. Diante desse quadro, a direção do sindicato encaminhou ofício ao secretário de Segurança Urbana, Coronel Carlos Alberto, e ao gabinete do prefeito, questionando as denúncias e cobrando que seja respeitada a decisão judicial vigente na cidade, com a GCM atuando no apoio e segurança.

Oficio nº163 - 2021 - PREFEITO (1)
Oficio nº162 - SSU

Deixe um comentário